SER CIGANO....

A psicologia do Cigano é antes de tudo uma psicologia de nômades.
Mostra-se na sua vida cotidiana, em vários aspectos:
moradia, alimentação, trabalho, amor, dança, traje...
A sua visão das coisas, dos lugares, do tempo é modelada
 pelas condições de vida,
de uma vida que muda no ritmo das estações, marcadas
 por acontecimentos importantes.
O passado, só serve para perturbar o espírito.
O futuro é incerto.
O presente, conta o instante que passa;
Cigano vive o dia-dia.
O cigano não sabe, ele sente!
Identifica-se com seu grupo, mas tem sua liberdade:
cada um faz o que quer, quando quer e onde quer.
Vive apaixonadamente sua vida, gosta de ter filhos,
mas permanece calmo ante à morte e diante de um perigo.
É fatalista, deixa-se conduzir pela ordem natural das coisas.
Não se revolta contra o destino!

(Autor desconhecido)

Nenhum comentário:

Postar um comentário