Olhar Cigano, olhar feiticeiro, cheio de mistério,
Mexe com o coração, com a libido, a fantasia…
Ateia fogo nas vestes, faz do amor um caso sério.
Inunda corpo e alma… leva à loucura na melodia!…

Olhar de mil céus e infernos ardentes, calientes….
Dança a menina dos olhos… dançam as pupilas!
Poe na boca, um gosto de morango vermelho…
Olhar Cigano chama para festa, queima retinas…

Olhar Cigano faz amor, paixão em um segundo.
Chama para roda, para a alegria, para a vida!
Olhar Cigano eu bem conheço… bem sei!…
Faz propostas indecentes… e atrevidas!….

Olhar Cigano é imbatível… sensual… fatal!
Chama para a paz, para a guerra, para a briga!
Assim é o olhar dele em mim, embriagador…
Adoro ser provocada… disputada e vencida!…

Olhar Cigano promete noites de luar sem fim…
Cheira a canela, almíscar, lavanda e jasmim…
Amor feito nas estrelas, ao som das cachoeiras!
Assim é o meu Cigano, uma tocha, um estopim!

Violinos tocando, moedas caindo, a dança
Matreira, faceira, as palmas acompanhando.
Vou dançando, seus lindos olhos focalizando,
E extasiada nos seus braços me entregando!

Autor desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário