A Busca!

O buscador não se compromete...
Simplesmente aparece.
Vem da luz ou da escuridão...
Dentro da comunhão amor e perdão.
Ele vem abre portas e portais...
Na sutileza da beleza do ser.
Não vê caminhos... Desbrava-os.
Não tem guias é guiado...
Não vê... Sente sua direção.
E respira o ar, que trás a fragrância da liberdade.
Ouvi os mantras da natureza...
Sente-se belo como um grande Deus!
O peito iluminado com o coração disparado...
É o buscador entre os desesperados.
Sai da escuridão!

Carmen SS