Fundir-me...
Ser apenas uma.
Não mais me dividir.
O simples e o complicado.
A criança e a mulher.
Sentir...
A minha mão tocar a minha pele.
Ver...
Meus olhos me vendo.
Saber o meu cheiro...
O meu sabor...
Acho que sou como uma tela abstrata.
Perdidas em cores e formas...
Visão única e própria que só o pintor vê!

Carmen SS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog