Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011
Imagem
Verdade... Há uma verdade na verdade de viver...
Que respiro o ar que ninguém me cobra!
E tenho em mãos essa vida para viver, sem que ninguém a tire de mim.
Querer sempre será a minha vontade... Viver essa vida será o meu desafio.
Talvez eu viva a um fio... Mas respiro é o que importa agora!
Sufoquem-me, tente me tirar à chance de vivê-la...
Que suportarei as surpresas do destino.
E na verdade da verdade de viver...
Serei eu tentando eu mesma ser!
Tão difícil missão essa que às vezes me faz desistir...
Então não terei minha liberdade como premio no final?
Será válido então viver essas verdades que de repente tornam-se mentiras?
Não... Não por que respiro, respiro o ar que ninguém me tira...
E busco... Busco a única verdade dentro de mim...
A liberdade oculta!
Escondida e confundida... Com meus sonhos que parecem mentiras!
Carmen SS
Imagem
Brinde... 
Quero brindar em taças de desejos esse amor...  Sentir o aroma desse vinho... Que me embriaga!  Provar o gosto do prazer que me ofereces... Gole a gole. Saboreando todas as taças possíveis... Que juntos beberemos...  E ao leve toque dos meus lábios nos teus... Será o bastante para embriagarmo-nos!  Como em uma noite de luar onde os amantes e sonhadores amam-se.  Amaremo-nos entre as taças e o vinho... Gole a gole!  As palavras se calarão... Jamais quero falar-te apenas farei que me sinta.
Seremos como taças se cruzando para o brinde!  Beberemo-nos e nossos cheiros serão o aroma desse vinho no ar!  Embriagar-me-ei dos teus beijos malditos... E embriagada de prazer... 
Cometerei a loucura de amar-te!  Provando-te... Gole a gole... 
Carmen SS
Imagem
Porão...
Tenho em mim... Um porão habitado por mulheres acorrentadas. Sem rostos, sem gostos. Unidas a correntes, que as trancam impedidas de andar. São tristes vivem a chorar. Sofrendo o abandono... Não vejo seus olhos, mas sinto que me olham pedindo liberdade. São destratadas, desarrumadas aparentando mendigas... 
que esmolam atenção. No porão não há portas nem janelas, mas vejo raios de sol! Olho a todas uma a uma... E vejo a mãe, a irmã... Vejo a amiga, a amante... Vejo a mulher nas mulheres acorrentadas. Vejo-me então! Tenho rostos, tenho gostos... Mas me acorrentei ao porão, prisioneira da covardia. Porque essas mulheres são tudo que sou e temo ser... Então as acorrentei em mim na ilusão que nunca faria falta. Que poderia tola eu, viver ignorando quem sou. Mas essas mulheres que sou... Já não suportam viver assim. Assim sem vida, acorrentadas à covardia do meu medo de ser. Esse porão já é pouco, as correntes machucam... Há em mim uma rebelião... Pedem que eu viva e as deixe viver! Não mais suporto acorr…
Imagem
Viver... Vive a tua vida...
Sem rumo sem um por que.
Vai tentar a cada passo que der, se conformar?
Respeite teu Eu, ria levante e vá!
Sem sentir se vencida...
Lute para ser vencedora!
Veja-nos outros sorrisos, que magia eles têm para serem reais.
E se acaso um sorriso lhe parecer falso...
Pare e olhe essa pessoa.
Talvez ela esteja como você...
Sem rumo e sem porque, mas tentando viver!

Carmen SS
Imagem
Vida...
Olho-me uma lagrima rola caindo de um pranto vazio.
Porque vazia é a vida.
Nós a preenchemos.
A mim resta viver, mas viver como um nada?
Nada que anda e vaga... nas suas próprias ruas?
Encontrando pelo caminho nada ninguém?
Numa esquina dobrada... dou de cara com a solidão.
Ela é minha companhia...
Ando mais um pouco e lá na frente o vazio me aguarda.
Sento-me já estou cansada.
Mas minha cabeça ainda tenta se erguer e ver...
O vazio sem nada sem fim.
Um calafrio sente em meu corpo...
Algo parece me aguardar.
Olho bem a minha volta e sei com toda tristeza...
Essa vida é minha não vou negar.
Mas nego a cada passo que dou em direção a nada.

Carmen SS
Imagem
Fundir-me... Ser apenas uma. Não mais me dividir. O simples e o complicado. A criança e a mulher. Sentir... A minha mão tocar a minha pele. Ver... Meus olhos me vendo. Saber o meu cheiro... O meu sabor... Acho que sou como uma tela abstrata. Perdidas em cores e formas... Visão única e própria que só o pintor vê!
Carmen SS